sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

10 Pecados do Pensamento e como Superá-los

10 Pecados do Pensamento e como Superá-los

Eu gostaria de ganhar um centavo a cada vez que ouvisse alguém fazendo um comentário negativo sobre mim, sobre outros ou até si mesmos. Mas essa última opção é realmente a pior. Se ganhasse meus centavos só com esses, já estaria aposentado. O fato é, a vida pode ser muito melhor para um monte de gente, se eles simplesmente conseguissem enxergar seus hábitos negativos e substituí-los por outros positivos.

O pensamento negativo, em todas suas formas, sempre consegue de alguma maneira penetrar em nossas conversas e nossos pensamentos sem conseguirmos notá-lo. A chave para o sucesso, na minha opinião, é aprender a enxergar esses pensamentos e esmagá-los como insetos. E então substituí-los por pensamentos positivos.

Como Dalai Lama diz, "a melhor maneira de dominar pensamentos negativos e emoções destrutivas é desenvolver o oposto, emoções positivas que são mais fortes e mais poderosas".

Vamos olhar 10 maneiras comuns que emergem de pensamentos negativos (existem muitos mais) e busque ser bom em encontrar esses padrões e substitua-os por padrões de pensamentos positivos.

1. Eu vou ser feliz uma vez que eu tiver ..._ (ou quando eu ganhar R$ XX)
Problema: Se você acha que não pode ser feliz até alcançar um determinado ponto, ou até alcançar uma determinada renda, ou ter um tipo de casa, carro, ou computador, você nunca será feliz. Esse objetivo ilusório está sempre fora do alcance. Uma vez que alcançamos esses objetivos, não ficamos satisfeitos – queremos mais.

Solução: Aprenda a ser feliz com o que você tem, onde você está, e com quem você está, nesse exato momento. Felicidade não precisa ser um estado que queremos alcançar eventualmente – pode ser encontrado agora mesmo. Veja sempre o lado positivo de uma situação. Pode parecer simples, mas funciona.

2. Eu queria ser como ... (celebridade, amigos, colega de trabalho)
Problema: Nós nunca seremos bonitos, talentosos, ricos, ou legais como outras pessoas. Sempre haverá alguém melhor se você procurar bem. Logo, se ficarmos nos comparando com outros dessa maneira, sempre falharemos e nos sentiremos mal por nós mesmos. E isso não é uma maneira divertida de ser.

Solução:
Pare de se comparar com outros, e olhe para si mesmo – quais são suas forças, suas realizações, seus sucessos, encontre-os mesmo que sejam pequenos. O que você ama em si mesmo? Aprenda a amar quem você é agora mesmo, e não o que você quer ser. Existe algo de bom em cada um de nós, amor em cada um de nós e um espírito humano incrível em cada um de nós.

3. Ver outros conquistarem sucesso me deixa ciumento e ressentido
Problema: Primeiro, isso pressupõe que apenas um pequeno número de pessoas podem conquistar o sucesso. Na verdade, muitas, muitas pessoas podem adquirir o sucesso – de diferentes maneiras.

Solução: aprenda a admirar o sucesso dos outros, e aprenda com ele, e fique feliz por eles, enfatizando e entendendo como deve ser essa pessoa. E então tire os olhos deles e olhe para si mesmo – você pode conquistar o sucesso também, seja lá no que decidir fazer. E mais, você já é um sucesso. Não olhe para as pessoas acima de você na escala social, mas aqueles que estão abaixo de você – existem milhões de pessoas que estão pior que você, pessoas que não conseguiram nem ler esse artigo porque não tem dinheiro para comprar um computador. Nessa perspectiva, você é um sucesso!

4. Eu sou um fracasso – parece que não consigo fazer nada certo
Problema: Todo mundo é um fracasso, se você olhar por uma determinada perspectiva. Todo mundo falhou, em diferentes coisas. Eu já falhei tantas vezes que não consigo sequer contar quantas e continuo falhando, diariamente. No entanto, ao olhar seus fracassos como fracassos, você só se sentirá mal consigo mesmo. Pensando dessa maneira, nós teremos sempre uma auto-imagem negativa e nunca pensaremos para frente.

Solução: Veja seus sucessos e ignore suas falhas. Olha sua vida, no último mês, ano ou 5 anos. E tente lembrar dos seus sucessos. Se você tiver problemas com isso, comece a documentá-los – escreva um diário, seja em um notebook ou blog. Documente seus sucessos todos os dias ou semanas. Quando você olhar para ver o que conquistou em um ano, ficará maravilhado. É um sentimento positivo incrível.

5. Eu vou ultrapassar a mediocridade não importa o preço – eu irei ganhar dele. E não há nenhuma maneira a qual eu irei ajudá-lo a suceder – ele pode ganhar de mim
Problema: Competição pressupões que há uma determinada quantia de ouro que deve ser conquistada, e eu preciso pegá-lo antes que alguém o faça. Isso nos torna pessoas gananciosas, mesquinhas e que machucam pessoas. Nós tentamos passar por cima dos outros para alcançar o sucesso por causa de nossos sentimentos competitivos. Por exemplo, se um bloggueiro possui mais inscrições que outro bloggueiro, ele pode nunca linkar ou mencionar esse outro bloggueiro. No entanto, quem disse que minhas inscrições não podem ser as suas também? As pessoas podem se inscrever para mais de um blog.

Solução
: Aprenda a ver sucesso em algo que possa ser compartilhado, e aprenda que se ajudarmos uns aos outros, teremos mais chance de alcançar o sucesso. Duas pessoas que trabalham por um objetivo em comum é melhor que pessoas batendo uma na outra para atingir esse objetivo.

Existe sucesso ao bastante para dar e vender. Aprenda a pensar em termos de abundância ao invés de escassez.

6. Droga! Por que essas coisas ruins sempre acontecem comigo?
Problema: Coisas ruins acontecem com todo mundo. Se nos deixarmos abater, iremos nos frustar e nos deprimir.

Solução
: Veja coisas ruins como parte da vida. Sofrer é uma característica da condição humana, mas isso passa. Toda dor vai embora uma hora. Enquanto isso, não deixe as coisas te abaterem. Não deixe coisas ruins te deprimir, olhe sempre para o futuro. Aprenda a colocar as coisas ruins de lado e aprenda com elas. Coisas ruins são na verdade oportunidades de crescimento, aprendizado e nos torna mais fortes.

7. Você não pode fazer nada certo! Por que não pode ser como o João?
Problema: Isso pode ser dito para uma criança, para um subordinado ou irmão. O problema? Comparar duas pessoas, em primeiro lugar, é sempre uma falácia. As pessoas são diferentes, com diferentes maneiras de fazer as coisas, fraquezas e fortalezas diferentes. Em segundo lugar, dizer coisas negativas como essas para uma pessoa nunca ajuda uma situação. Pode fazer você se sentir melhor e mais poderoso, mas na verdade, machuca um relacionamento, e faz-se sentir negativo, e sem sombra de dúvidas faz a outra pessoa se sentir mal também e é bem provável que ela continue com o comportamento negativo. Todo mundo sai perdendo.

Solução
: Aceite os erros e o mal comportamento dos outros como uma oportunidade para ensinar. Mostre-os como fazer algo. Em segundo lugar, recompense-os pelo comportamento positivo e encoraje o sucesso. E por último, e mais importante, ame-os por eles serem quem são e celebre as diferenças.

8. Seu blog é horrível. Essas coisas de auto-ajuda são super chatas. Enfim, se o objetivo for texto de auto-ajuda para revista de adolescente, ótimo. A um blog que pretende ser "uma overdose diária de inspiração", é algo q não acrescenta nada (ou, que acrescenta absolutamente nada).
Problema: Eu recebi um comentário assim,
nesse post. É horrível, mas eu acabei liberando o comentário. Acho toda perspectiva válida. O ponto aqui não é ver a perspectiva de alguém que recebem o comentário, mas da perspectiva da pessoa que o fez. Como alguém que faz um comentário assim pode acrescentar algo? Você pode ter se sentido bem em desabafar por ter perdidos alguns minutos do seu tempo desperdiçado, mas quanto tempo foi gasto? Alguns minutos? E de quem é a culpa? Minha ou sua? Existem milhares de blogs ruins por aí, você escolheu esse e é responsável por suas ações e suas conseqüências. Na verdade, faze comentários negativos só o deixa eu um estado negativo e certamente não ajuda o bloggueiro em nada. Também não é uma boa maneira de fazer amigos.

Solução:
Aprenda a oferecer soluções construtivas. Ao invés de dizer a alguém que seu blog é uma merda, ou que o post é tosco, ofereça algumas sugestões específicas para melhorá-lo. Ajude-o a torná-lo melhor. Se você for gastar algum tempo fazendo um comentário, faça-o valer a pena. Em segundo lugar, aprenda a interagir com as pessoas de maneira positiva – isso faz os outros se sentirem bem e você também se sente bem. Além disso, você pode fazer alguns bons amigos. E isso é legal.

9. Ah, é? No seu também!
Problema: Se alguém te insulta ou te irrita de alguma maneira, insultá-los de volta e continuar a irritá-los apenas transfere o problema para você. Essa pessoa provavelmente estava tendo um "dia de fúria" e descontou em você por alguma razão. Se você responder a isso, você terá um dia ruim também. O problema dele se torna o seu. E não apenas isso, os ciclo de insultos pode piorar até tornar-se algo violento com conseqüências negativas – para vocês dois.

Solução: Deixe os insultos ou comentário negativos passarem por você como se você fosse invisível. Não deixe o problema de alguém virar o seu. Na verdade, tente entender o problema da pessoa melhor. Por que alguém falaria algo assim? Por quais problemas ela está passando? Ter alguma empatia por alguém não apenas faz com que você compreenda o comentário que fizeram de você, mas faz você se sentir e agir de uma maneira positiva sobre você e de quebra você se sente bem no processo.

10. Eu acho que não consigo fazer isso – Não tenho disciplina o bastante. Talvez uma outra hora
Problema: Se você pensar que não consegue fazer algo, provavelmente não conseguirá. Especialmente para as coisas que mais importam. Disciplina não tem nada a ver com isso, motivação e foco que tem. Se você ficar colocando as coisas para "outra hora", você nunca conseguirá fazê-lo. Pensamentos negativos nos inibem de realizar coisas.

Solução
: Mude seu pensamento: você consegue fazer isso! Você não precisa de disciplina. Encontre maneiras de alcançar seus objetivos. Se você falhar, aprenda com seus erros e tente novamente. Ao invés de postergar seu objetivo para depois, comece agora. Foque em um objetivo por vez colocando toda energia nele e conseguindo o máximo de ajuda que conseguir. Você pode mover montanhas se começar a ter um pensamento positivo.

Post traduzido e adaptado de
Zen Habits.

2 comentários:

Dri Viaro disse...

Muito bom hehe
bjs

Junior SÃO LUIS-MA disse...

Adorei o blog, ele é excelente, parabéns!

Related Posts with Thumbnails